Sobre o Centro
O Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos trabalha com a prospecção da flora brasileira para identificar e selecionar compostos com atividades antiparasitárias, antibacterianas e anticancerígenas
O Centro de Pesquisa e Inovação em Biodiversidade e Fármacos (CIBFar) resulta da colaboração entre o Laboratório de Química Medicinal e Computacional do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (IFSC/USP); o Núcleo de Bioensaios, Biossíntese e Ecofisiologia de Produtos Naturais do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (Nubbe/Unesp); o Laboratório de Síntese Orgânica do Instituto de Química da Universidade Estadual de Campinas (IQ/Unicamp); os Laboratórios de Produtos Naturais e de Síntese Orgânica do Departamento de Química da Universidade Federal de São Carlos (DQ/UFSCar); e o Laboratório de Produtos Naturais da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da USP de Ribeirão Preto.

O objetivo principal do CIBFar é a realização de ciência básica e aplicada, bem como o desenvolvimento tecnológico em biodiversidade e descoberta de fármacos, com base em pesquisas que utilizam o estado da arte nas áreas de química de produtos naturais, química orgânica sintética, biologia molecular e estrutural, bioquímica, química medicinal, planejamento de fármacos e ensaios farmacológicos.

Os objetivos específicos são bioprospecção da flora brasileira para a identificação de compostos com um amplo espectro de atividades biológicas (antiparasitária, antibacteriana, anticâncer); seleção de compostos bioativos promissores para síntese orgânica e estudos das relações entre estrutura e atividade (SAR, QSAR); uso de estratégias de planejamento de fármacos baseado na estrutura do receptor e do ligante (SBDD e LBDD, respectivamente); abordagens para otimização de compostos-líderes; estudos pré-clínicos in vitro e in vivo para avaliação e otimização de compostos-líderes, estudos de toxicologia e farmacocinética. A meta final é o desenvolvimento de novos candidatos a fármacos com elevado potencial de inovação.

O CIBFar conta com uma infraestrutura bem estabelecida em termos técnicos, financeiros, de educação tecnológica e de gestão executiva, adquiridos na experiência do Centro de Biotecnologia Molecular Estrutural, CEPID constituído no primeiro edital do Programa.

A integração do CIBFar com o setor produtivo será realizada para a identificação de oportunidades e a definição de metas. No aspecto educacional, o Centro conta com uma significativa experiência em educação e disseminação do conhecimento, adquirida ao longo de mais de uma década. Além disso, há programas de treinamento para estudantes e pesquisadores de graduação e pós-graduação, com ênfase em metodologias de pesquisa em biodiversidade.

O CIBFar é parceiro do Centro de Divulgação Científica e Cultural da UFSCar em programas direcionados à educação elementar e secundária, à promoção da educação de professores, à exposição de bibliotecas de experimentos em escolas e à educação a distância via internet, feiras de ciências e palestras.

(Imagem: CIBFar)