Sobre o Centro
As causas, os mecanismos e as consequências da privação do sono e a base fisiológica da necessidade de dormir constituem o foco central do trabalho de investigação proposto pelo Centro de Estudos do Sono

Embora a função primária do sono permaneça desconhecida, é fato que a privação prolongada do ato de dormir conduz à morte. Estudos em seres humanos e experimentos em animais indicam que o sono é essencial para a sobrevivência.

As pesquisas do Centro de Estudos do Sono se debruçam justamente sobre as causas, os mecanismos e as consequências da privação do sono e sobre a base fisiológica da necessidade de dormir. O intuito é ampliar a compreensão científica a respeito das funções do sono, além de desenvolver e validar novas abordagens diagnósticas e terapêuticas.

Os principais tópicos de estudo são: efeitos da privação do sono; sono e cognição; ritmos circadianos; sono, reflexos genitais e hormônios; doenças auto imunes e perturbações do sono; sono fragmentado e dor crônica; distúrbios respiratórios relacionados ao sono, com ênfase em síndrome de apnéia obstrutiva; alterações cardiovasculares e metabólicas nos distúrbios do sono; relação entre atividade física e sono; sono, sonolência, fadiga e acidentes; distúrbios do movimento durante o sono; efeitos citotóxicos da privação do sono; distúrbios do sono decorrentes de malformações; mecanismos moleculares e genéticos no sono.